Maestro

Maestro IvoIvo Emanuel Castro da Silva

Natural do Porto, iniciou os seus estudos musicais aos 9 anos de idade na Banda de Rio Tinto, ingressando um ano mais tarde no Conservatório de Música do Porto (CMP), na classe de Trompete do Professor Rui Brito. É licenciado pela Escola Superior de Música e Artes do Porto (ESMAE), no curso de sopros, na variante de Trompete tendo estudado com o professor Kevin Wauldron.

Frequentou vários cursos de aperfeiçoamento e Masterclass de trompete, nomeadamente com Jorge Almeida, Fernando Ribeiro, Sérgio Pacheco, Luís Granjo, Sérgio Charrinho, Mark Ridenour, Steve Mason, Pierre Dutot, Cameron Tood, James Thompson e Konradin Groth.

Participou em várias orquestras jovens, entre as quais a Orquestra de Jovens dos Conservatórios Nacionais, Orquestra Momentuum Perpetuum, Orquestra Sinfonieta da ESMAE onde pode trabalhar com Nicholas Kok, Martin André, Christoph Konig, Bart Bouckaert e António Saiote. Colaborou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, sob direção de João Paulo Santos, Joana Carneiro e Giampaolo Bisanti e mais recentemente com a Orquestra Clássica do Sul, sob direção de Rui Pinheiro.

Em 2008, obteve o Primeiro Prémio no Concurso Interno do Conservatório de Música do Porto. Em 2013 e 2014 ganhou uma Menção Honrosa e um terceiro prémio respetivamente no concurso de trompete da Póvoa do Varzim. Em 2016 conseguiu o 3o prémio na categoria de Trompete Sénior do Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro «Terras De La Salette»

É membro fundador dos grupos Massive Brass Attack e do Concentus trumpet Ensemble. Neste último teve a oportunidade de gravar algumas das obras do compositor Jorge Salgueiro escritas para ensemble de trompetes, e de participar três anos consecutivos nas últimas eliminatórias do prémio jovens músicos.

Recentemente tem participado em masterclasses de direção, tendo trabalhado com os maestros Douglas Bostock, Ernst schelle, José Eduardo Gomes e José Rafael Pascual-Vilaplana. A título particular tem vindo a estudar com o maestro Fernando Marinho, e mais recentemente com o professor Jean Marc Burfin.

Dirigiu entre 2008 e 2013 o Golgota Chorum, o BMG Chorus, Angelus (coro infanto-juvenil) e ainda dirige o coro infanto-juvenil Psallitinhos.

No ano letivo de 2016/2017 foi professor da classe de trompete do Curso de Música Silva Monteiro. Entre 2016 e 2017 desempenhou a função de diretor artístico da Banda Musical Leverense. Em 2018 inicia o cargo de diretor artístico da Banda Musical de Arouca.

Escola de Música da Banda Musical de Arouca

Inscrições abertas!
Ano Letivo 2018/2019

Inscrevam-se aqui.

OLA Swing

Próximos eventos

AVISO: Este site utiliza cookies. Ao navegar estará a concordar com a sua utilização. Mais informações